EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
O Espiritismo, inclusive o nome, surge em 18 de abril de 1857,allankardec quando é colocado à venda na Livraria Dentu (Palais Royal, Galeria) a obra “O Livro dos Espíritos”, assinada por Allan Kardec, pseudônimo utilizado por Rivail para não confundir a obra com o autor, já por demais conhecido, trazendo pouco mais de quinhentas perguntas e respostas classificadas por assuntos e divididas em capítulos. Em seis meses a primeira edição esgotou, apesar dos ataques acadêmicos, da zombaria da imprensa e da proibição da Igreja Católica. A segunda edição, revista, ampliada, e que se tornaria definitiva, saiu com 1.019 perguntas e respostas, mais os comentários, introdução e conclusão assinados por Kardec
Os princípios básicos do Espiritismo e suas consequências individuais e sociais sustenta todo o edifício doutrinário do Espiritismo: Deus, a imortalidade da alma, a pluralidade das existências, a comunicabilidade dos espíritos e a pluralidade dos mundos habitados.
Verifica-se a íntima ligação dos princípios espíritas com os pensamentos inspiradores dos enciclopedistas e dos revolucionários franceses, numa perfeita sintonia espiritual e histórica.
Fonte: Departamento Doutrinário da Liga Espírita Pelotense.
Publicado na coluna da Liga Espírita Pelotense no dia 19 de Agosto de 2012 – JORNAL DIÁRIO POPULAR.

Loja de Livros

Procure um Livro

Publicações Recentes