EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish

 

Um senhor já idoso amava muito as plantas. Todos os dias acordava bem cedo para cuidar de seu jardim.  Fazia isso com tanto carinho e mantinha o jardim tão lindo que não havia quem não admirasse suas plantas e flores.

Certo dia resolveu plantar uma jabuticabeira.
Enquanto fazia o serviço com toda a dedicação, aproximou-se dele um jovem que lhe perguntou:
– Que planta é essa que o senhor está cuidando?
– Acabo de plantar uma jabuticabeira! – respondeu.
– E quanto tempo ela demora para dar fruto? – indagou o jovem.
– Ah! Mais ou menos uns 15 anos – respondeu o velho.
– E o senhor espera viver tanto tempo assim? – questionou o rapaz.
– Não meu filho, provavelmente não comerei de seu fruto.
– Então, qual a vantagem de plantar uma árvore se o senhor não comerá de seu fruto?
O velho, olhando serenamente nos olhos do rapaz, respondeu:
– Nenhuma, meu filho, exceto a vantagem de saber que ninguém comeria jabuticaba se todos pensassem como você.
O rapaz, ouvindo aquilo, despediu-se do velho e saiu pensativo.
Depois de caminhar um pouco, encontrou à sua frente uma árvore e parou para descansar à sua sombra.  De repente olhou para cima e percebeu que se tratava de uma jabuticabeira carregada de frutos maduros.  Pôde então saborear deliciosas jabuticabas.  Enquanto comia, lembrou-se da sua conversa com o velho e refletiu:
“Estou comendo esta jabuticaba porque alguém há 15 anos atrás plantou esta árvore. Talvez essa pessoa não esteja mais viva, mas seus frutos estão.”
Amigo (a) Leitor (a), a sua contribuição para o mundo não deve depender da época em que se colherão os frutos ou de quem irá comê-los.  O importante é plantar e saber que um dia alguém será beneficiado.

Fonte: livro – Para Que Minha Vida Se Transforme / Maria Salette e Wilma Ruggeri – editora Verus.

Não se pode ter, guia mais seguro, do que tomando como medida do que se deve fazer aos outros, o que se deseja para si mesmo.”
Allan Kardec

Publicado na coluna da Liga Espírita Pelotense no dia 05 de Junho de 2011 – JORNAL DIÁRIO DA MANHÃ

Loja de Livros

Procure um Livro

Publicações Recentes