EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish

No opúsculo “Orientação aos Órgãos de Unificação” da FEB, cap. VIII, Gestão Federativa, conceitua-se atividade federativa por ações que visem à difusão da Doutrina Espírita, a união fraterna entre as instituições espíritas e os espíritas, e as atividades de apoio aos Centros Espíritas; propiciando o trabalho em equipe e a preparação de trabalhadores.

Atividades de Centro Espírita e Atividades de Campo Experimental na Liga Espírita Pelotense

2E acrescenta que em condições adequadas a Entidade Federativa poderá executar ações chamadas de campo experimental. Buscando o aprimoramento de suas atividades, a Lep formou uma equipe de trabalhadores oriundos dos diversos Centros Espíritas que compõem a entidade e após longa preparação abriu as portas nas tardes de Terças-Feiras para o público em geral oferecendo atividades compatíveis às de um Centro Espírita: 

Reunião Pública Doutrinária, com exposição doutrinária, trabalho de passes e diálogo fraterno.

7Após a reunião pública a Lep conta com dois grupos de estudos da doutrina, sendo um para iniciantes, estando em aberto às inscrições.

Conta também com trabalho mediúnico para os trabalhadores da casa.

E prepara-se para oferecer atividades de campo experimental, implementando projetos, pesquisas e programas de estudo e de prática das atividades espíritas, visando oferecer aos trabalhadores das diversas casas, oportunidades de preparação para as ações desenvolvidas nos Centros Espíritas.

Atividades de Terças-feiras à tarde:

15h
Reunião pública (exposição doutrinária, diálogo fraterno, passes).
16h
Estudos para os trabalhadores.

Estudos para iniciantes

 
17h
Trabalho mediúnico (trabalhadores).

Loja de Livros

Procure um Livro

Publicações Recentes