EnglishEsperantoFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
O serviço de ação e promoção social realizado pela Liga Espírita Pelotense tem por objetivo capacitar os trabalhadores dos centros espíritas que atuam neste setor para a realização de serviços socioassistenciais e valorização das potencialidades dos assistidos pelos Centros Espíritas com vistas à promoção integral do ser humano orientando-os e esclarecendo-os quanto aos recursos, projetos e programas disponíveis nas casas espíritas e os disponíveis pela rede de serviços da comunidade.

 

Dez itens da Assistência Social

  1. Faça o bem, mas não guarde a pretensão de solucionar os problemas de todos os que o buscam.
  2. Realize o que lhe seja possível sem, contudo, exigir que os outros o imitem.
  3. Execute, agora, o trabalho que o bem lhe apresenta, enquanto a oportunidade é propícia. Amanhã é uma realidade que talvez não sorria para você.
  4. Ajude sempre, através do pão ou do leite, do agasalho ou do medicamento, do domicílio ou da consolação. Não pare, porém, para averiguar os resultados do teu auxílio.
  5. Aplique o passe curador ou ofereça a água fluidificada aos enfermos do caminho. Não se desdenhe, todavia, esperando o êxito do serviço.
  6. Pratique a caridade no seu mais alto grau, esclarecendo o aflito e concitando-o à renovação e à coragem. Não espere, porém, que a luz realize o seu abençoado mister.
  7. Ajude a escola e o hospital, a creche e o lar, o asilo e o manicômio. Não olvide, entretanto, a sementeira do Evangelho, oferecendo o pão que mata a fome do Espírito para sempre.
  8. Não se desequilibre quando lhe faltarem os recursos materiais para o auxílio. A prece em favor de alguém é um patrimônio de luz ao alcance de todos.
  9. Evite a irritação nos serviços da assistência aos menos favorecidos. Quem ajuda com alegria faze sempre melhor.
  10. Sempre que possível, acenda a luz da esperança nos corações que o buscam. O pão hoje doado, amanhã se acaba. No entanto a palavra do Senhor que se distende é sementeira de vida eterna.
– Pregar e servir;
– Ensinar e atender;
– Doutrinar e ajudar.

 

Todas as tarefas que objetivam distender o Reino de Deus entre os homens, são valiosas e expressivas normativas de trabalho para o espírito. Todavia, não deixe de trabalhar você mesmo, lutando a cada instante pela transformação íntima de seu Espírito, sem o que pouco adiantará o esforço de corrigir os outros, ajudar os outros e ensinar os outros.

 

Ensinou Jesus: – “Brilhe vossa luz” entre as trevas do mundo.

 

Abra sua alma à luz Divina e, abençoado por ela, ilumine as veredas por onde seguem os atormentados dos caminhos, sabendo que “toda ocupação útil é trabalho…”
Marco Prisco – Aos Espíritas.
Psicografia de Divaldo Pereira Franco – Diversos Espíritos

Loja de Livros

Procure um Livro

Publicações Recentes

Carrinho Item Excluird. Desfazer
  • Nenhum produto no carrinho.